Blog

Quintal Moinhos: tendências consolidam a concepção do empreendimento.

10/07/2020

Para descobrir as vocações do Quintal Moinhos, a TGD e a Hub77 buscaram trazer um olhar global sobre as tendências de comportamento do consumidor para projetar um empreendimento alinhado com o viver contemporâneo. Nesta conversa com Renata Guerra, pesquisadora e diretora da Hub77, ela compartilha um pouco dos principais insights deste processo.


“Compartilhar” migrou da vida online para a vida off-line e tornou-se parte do comportamento e da vida em sociedade. É perceptível um número considerável de empreendimentos que projetaram espaços voltados pra isso. O que observas?

A economia do compartilhamento é uma realidade em diversos segmentos como transporte e hotelaria. Na indústria da construção não é diferente. O primeiro a aderir essa tendência foi o segmento corporativo com o surgimento e o sucesso dos coworkings. Já no segmento residencial, modelos que compartilham serviços e áreas comuns também ganham espaço. Com o custo de morar em grandes cidades em ascensão, o tamanho médio do espaço de uma pessoa está diminuindo. Essa alteração está levando a novos estilos de vida e formas menores de moradia. Embora muitas pessoas ainda desejem mais espaço de vida em áreas mais suburbanas da cidade, um novo grupo no mercado imobiliário parece preferir formas de habitação compactas ou compartilhadas como uma troca por morar em locais mais centrais. De acordo com o Secovi-SP, a participação de apartamentos de até 45m2 no total de apartamentos vendidos na cidade de São Paulo subiu de 11% para 57% entre 2011 e 2019. 

As pesquisas de tendências apontam um caminho diferente: compartilhar não é exatamente desejo, mas necessidade. O que podes nos dizer a respeito disso?

Como citamos acima, para o segmento residencial, o compartilhamento também é uma realidade, porém de uma maneira um pouco diferente. Existe sim um desejo e uma busca por morar em cidades e bairros mais urbanos que possibilitem um estilo de vida mais dinâmico, porém estamos falando de um perfil de pessoas que também buscam por comodidade, tecnologia, segurança e privacidade. Ou seja, é muito importante ter equilíbrio entre o espaço privado e o coletivo, pois compartilhar alguns espaços e serviços acaba sendo muito mais uma necessidade do que necessariamente um desejo. 

A busca, agora, é por privacidade em meio a era do compartilhamento. É isso mesmo? O que as pesquisas apontam? Quais os anseios que vem com este comportamento? E como isso se reflete em produtos imobiliários?

Segundo pesquisa de Deloitte sobre o Comportamento do Consumidor de Imóveis, em 2040, privacidade e conforto estarão entre os seis primeiros termos relacionados ao estilo de vida que eles pretendem levar em 20 anos. Privacidade vem atrás apenas de conforto, saúde, segurança e família. 


A gente passa a entender o conceito da “casa estendida”: viver a casa mas também ter o bairro - com as facilidades de uma boa localização - como extensão deste conforto. Queremos ter o poder de escolha. É isso?

Isso mesmo. Primeiro lugar: precisamos entender que casa já não é um lugar estático, mas a extensão da nossa própria personalidade. E escolher onde vamos morar significa também escolher um estilo de viver. E nós somos multi. Transitamos por diferentes ambientes, combinamos referências, estilos, culturas. Não temos um único padrão de comportamento.
Por isso, o inteligente é não precisar escolher entre uma coisa ou outra. Ter privacidade e conforto, pra viver o melhor de estar em casa, mas sem abrir mão de uma ótima localização, de conveniência, de praticidade. Quando a gente entende o nosso bairro como extensão da nossa casa estamos, na verdade, estendendo a nossa vida. Ampliando as nossas possibilidades.

Já possível perceber a pandemia do coronavírus mudando ou reforçando alguma coisa nestes comportamentos que inspiraram a concepção do Quintal Moinhos?

Acreditamos que nunca fez tanto sentido viver e valorizar o local. A pandemia talvez tenha despertado a nossa consciência para o valor do que está perto. Criamos um senso de comunidade muito maior e ampliamos a nossa conexão com o entorno. 
Mais do que nunca passamos a aliar conveniência com responsabilidade/solidariedade.

 

Acompanhe nossas redes sociais e conheça mais sobre o nosso novo empreendimento! 

Infraestrutura completa
Entre em Contato

AGÊNCIA S3 , Todos os Direitos Reservados