Blog

IN1183 é destaque no Jornal do Comércio

25/08/2016

O empreendimento IN 1183, da TGD, é destaque do caderno Construção Civil, do Jornal do Comércio. A matéria, publicada na editoria "Sustentabilidade", mostra a importância da preservação de casas antigas. Leia aqui.

Confira um trecho interessante:

Edificações antigas preservam a história de pessoas e fazem parte do imaginário das cidades. Porto Alegre ainda mantém importantes exemplares - casas e prédios do passado - que carregam valores arquitetônicos e culturais. Ainda que nem sempre ofereçam as facilidades da vida contemporânea, é possível adaptá-las. Restauro e retrofit aparecem como alternativas sustentáveis para a construção civil: reviver um imóvel pode ser ecologicamente correto, socialmente justo e economicamente viável e interessante, pois revitalizar um imóvel evita novas construções, uma vez que aproveita e atualiza o que já existe.

Rômulo Plentz Giralt, arquiteto, professor da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs) e conselheiro do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Rio Grande do Sul (CAU-RS), anda pelas ruas atento aos prédios mais antigos. Seu trabalho de pesquisa está focado em eficiência energética e qualidade ambiental associada às edificações do passado.

E observa que muitos destes pequenos edifícios e grandes casas encontram-se desocupados ou deteriorados. "Nada pode ser mais correto do que reativá-las e trazer vida nova. As casas mais antigas preservam, além da própria arquitetura, materiais, habilidades e técnicas construtivas que já não são mais encontradas em novos empreendimentos."

Giralt comemora o interesse e a dedicação de algumas construtoras, em Porto Alegre, em dar nova destinação para tais imóveis. "Acho estas iniciativas fantásticas. Podemos, ainda, citar Jane Jacobs, maior crítica de urbanismo do mundo, quando ela diz que 'as janelas são os olhos da rua'", comenta, considerando a transformação da relação das pessoas com a rua por conta da revitalização das casas.

"O Plano Diretor tornou-se menos rígido e, agora, a edificação nova pode ficar lá atrás cumprindo seu papel. O Hotel Laghetto Viverone, no bairro Moinhos de Vento, dá um belo exemplo do que pode ser feito", comenta. A mansão da década de 1930, tombada pelo Patrimônio Histórico e que foi morada da família Micheletto, faz parte da estrutura do hotel. Ali, é possível encontrar serviços de recepção, bar e restaurante. "Revitalizar e incrementar é sustentabilidade. É importante a preocupação de incorporar com sensibilidade", comenta.

 

Salas comeciais Independencia Porto Alegre

Indenpendencia com Ramiro Barcelos

Infraestrutura completa
Entre em Contato