Blog

Como escolher o melhor arquiteto

31/08/2018

Quem nunca sonhou em ter uma casa ou um apartamento bem planejados, com cômodos harmônicos entre si? Quem nunca precisou fazer uma reforma, mas não sabia nem por onde começar? Todas essas são questões muito comuns e que sem um arquiteto podem ser muito difíceis de serem solucionadas.

A escolha de um bom profissional é essencial para que o resultado final da obra seja satisfatório. Para tomar a melhor decisão, separamos alguns pontos que você deve observar ao procurar pelo arquiteto ideal.

1 – Defina suas prioridades

Faça uma lista com as mudanças que você precisa realizar dentro do seu apartamento e delimite suas prioridades. Com uma sequência de perguntas é possível entender perfeitamente onde você pretende chegar.

2 – Planeje seu orçamento

A partir da sua lista de prioridades, monte seu orçamento. Defina o quanto você pode gastar e até onde pode ir com a obra. Tenha em mente que seus gastos girarão em torno da mão de obra e dos materiais utilizados.

3 – Peça indicações e liste suas opções

Chegou a hora de ir em busca do seu arquiteto ideal. Peça indicações a pessoas de confiança e vá em busca do arquiteto que seja mais alinhado com seus ideias. Faça uma lista com todas as opções encontradas.

4 – Conheça o trabalho do seu arquiteto

Feita a lista, está na hora de conhecer o profissional que trabalhará com você. Visite as obras realizadas por ele, pesquise nas redes, olhe seu portfólio e pegue referencias com que já realizou obras com quem já realizou reformas com o arquiteto.

5 – Análise de custo-benefício

Chegou a hora de conversar diretamente com o arquiteto. Descura quais são seus fornecedores, avalie os materiais que serão usados na obra. Além disso, consulte a tabela do CAU, que possui os valores de honorários envolvendo as atividades de um arquiteto, perfeito para auxiliar você a fazer a melhor escolha.

6- Realize diversas reuniões até o projeto sair do papel

É importante você se encontrar com o seu arquiteto para alinhar o projeto até chegar em um consenso geral. Transmita tudo o que deseja e formalize tudo em um contrato. Assim que o projeto final for aprovado, acompanhe passo a passo conforme ele sai do papel. Esteja sempre presente na obra e fiscalize se está saindo como deseja.

Gostou das nossas dicas? Fique ligado no nosso blog e  acompanhe as novidades. Aproveite também para acessar nosso siteTGD e conhecer nossos empreendimentoslocalizados nos melhores pontos de Porto Alegre.

 

Infraestrutura completa
Entre em Contato